Pão Pela Paz

firefox

A AIPAN aceita o Desafio "Pão Pela Paz" 2008

A delegação portuguesa da AIPAN preparou com especial cuidado a sua participação no Festival Europeu do Pão de 2008, em Ravenna, Itália, aceitando com entusiasmo, o repto lançado pela organização italiana às delegações dos vários países participantes, no sentido de apresentarem um tipo de pão que simbolizasse o conceito de PAZ. Durante semanas foram ensaiados, em Portugal, vários formatos e tipos de farinha, levando a AIPAN para o Festival Europeu do Pão um simbólico e cordato “aperto de mão”.  Os ingredientes do pão são: farinha, levedura, água e sal. 
A AIPAN primou pela originalidade entregando a quem visitava o stand uma pulseira de pulso, enfatizando a ideia do aperto de mãos, bem como apresentou um cartaz, onde uma mão branca e outra negra se estreitavam, em que era explicada a intenção da participação da delegação portuguesa.
No cartaz da AIPAN podia ler-se:
O direito à Vida e ao Pão é universal.
Porém, 1/4 da população mundial continua sem pão.
Dar pão a quem mais dele precisa, é o que queremos fazer. Hoje, aqui. Amanhã, por todo o Mundo.
Partilhe o seu pão! Contribua para a UNICEF.

Chegados de Ravenna a AIPAN fez chegar à UNICEF o seu contributo do “Pão pela Paz”.
Para a delegação portuguesa o mais importante foi ver reconhecido pelo público o verdadeiro conceito do que se pretendia com o concurso do “Pão pela Paz”. O formato e a qualidade do pão não passou despercebido a nenhum dos visitantes do certame que diariamente se deslocavam ao stand da delegação portuguesa para adquirir este pão e identificando-o como um pão diário.
O “Pão pela Paz” é um projecto que a Direcção da AIPAN gostaria de ver abraçado por todos os associados. O Pão e a Paz são desde sempre conceitos indissociavéis. Reverter uma percentagem das vendas de pão para a UNICEF será, mais uma vez, dignificar a importância e a relevância do nosso sector na sociedade actual e mostrar que os padeiros não são indiferentes ao que se passa no mundo.